Desenvolvimento da "sensibilidade" intercultural na formação inicial de psicólogos - discussão de uma experiência

Détails

ID Serval
serval:BIB_15DAC6A3831F
Type
Article: article d'un périodique ou d'un magazine.
Collection
Publications
Titre
Desenvolvimento da "sensibilidade" intercultural na formação inicial de psicólogos - discussão de uma experiência
Périodique
Revista Galego-Portuguesa de Psicoloxía e Educación - Libro de Actas do Congreso Internacional Galego-Portugués de Psicopedagoxía
Auteur(s)
Barbeiro A
ISSN
1138-1663
Statut éditorial
Publié
Date de publication
2007
Peer-reviewed
Oui
Numéro
Extraordinario 1
Pages
1876-1885
Langue
portugais
Résumé
A sensibilização para a interculturalidade tem ganho crescente importância nos países europeus, cada vez mais multiculturais. Considera-se, neste trabalho, que também na formação dos psicólogos é importante o desenvolvimento de competências para lidar com este fenómeno. Assim, apresenta-se e discute-se uma experiência de seis anos no âmbito da educação intercultural, integrada no curriculo de formação inicial de psicólogos no Instituto Piaget (ISEIT/Viseu), realizada a partir da da disciplina de"psicologia intercultural". Verificou-se, desde o início, que uma prática baseada apenas no ensino/aprendizagem de teorias, modelos de intervenção e investigação nesta área, não era uma metodologia adequada, ou suficiente, para o desenvolvimento de uma "sensibilidade" intercultural junto dos alunos. Assim, procurou-se tornar as estratégias pedagógicas cada vez mais participativas, incluindo discussões sobre temas sociais relacionados com a interculturalidade e a realização de trabalhos em diversos contextos multiculturais. A eficácia destas estratégias foi avaliada através dos discursos dos alunos, patentes nos trabalhos escritos e nas respostas a uma questão aberta, apresentada no âmbito da avaliação final da disciplina. A "sensibilidade" intercultural revelou-se na expressão da compreensão dos problemas específicos do contacto de indivíduos de culturas diferentes e num discurso progressivamente "etno-descentrado". Apresentam-se ainda algumas dificuldades encontradas e propõem-se soluções de aprofundamento desta intervenção.
Mots-clé
sensiblité interculturelle, formation des psychologues, enseignement supérieur
Création de la notice
07/10/2010 15:29
Dernière modification de la notice
20/08/2019 12:45
Données d'usage